SeleFla esmaga Franca e vence por diferença de 20 pontos, 86×66

Fonte: NBB Fotos: Américo Pessoa

0
214

Os quase 2.500 torcedores que compareceram à Arena Carioca 1 na noite desta quinta-feira (15/02) assistiu a um verdadeiro show do Flamengo. Com um primeiro tempo arrasador, a equipe rubro-negra dominou o Sesi Franca Basquete e venceu o confronto direto pela vice-liderança por expressivos 86 a 66.

Os 20 primeiros minutos foram primordiais para o largo triunfo do Flamengo na Arena Carioca 1.

Com uma defesa fulminante e perfeita nas trocas, a equipe do técnico José Neto limitou o Franca a apenas 20 pontos dos dois primeiros quartos, com direito a 12 bolas perdidas, sendo nove delas só no período inicial. Assim, os cariocas abriram 25 pontos de frente (43 a 18), margem esta que ficou na casa dos 30 pontos até o apagar das luzes.

 Com o grande resultado, o Flamengo conquistou sua terceira vitória seguida e permaneceu firme na vice-liderança do NBB CAIXA, agora com 17 vitórias em 21 partidas (80,9% de aproveitamento). Já o Franca caiu para o quarto lugar, com 15 triunfos em 20 oportunidades (75% de aproveitamento).

 A partida promoveu o primeiro duelo entre Anderson Varejão e Leandrinho Barbosa no NBB CAIXA. No final, melhor para o pivô rubro-negro, que além de vencer a partida registrou nove pontos e 12 rebotes, contra 11 pontos do ala do Franca. Nos longos anos em que atuaram na NBA, os dois astros do basquete brasileiro se enfrentaram 14 vezes, com nove vitórias para o ala e cinco para o pivô.

 “Agora no NBB foi Flamengo x Franca e não Anderson x Leandrinho (risos). A gente olha essas coisas, todos fazem as análises de confrontos, mas antes de tudo vem os times. Lá na NBA foi Cleveland x Phoenix e depois nos outros times que ele jogou, Warriors também. O que importa é estarmos bem fisicamente, o resto é consequência”, disse Anderson.

“ Quem esperava por um épico embate entre Varejão e Leandrinho viu Marcelinho Machado roubar a cena. Com 20 pontos (6/10 nas bolas de 3), o jogador emendou uma bela sequência de bolas de 3 pontos que incendiou a torcida rubro-negra na Arena, que ecoou o grito de “Ah, é Marcelinho! Ah, é Marcelinho! Ah, é Marcelinho!”.

 “Fico muito feliz por ter ajudado o Flamengo em um jogo grande como esse. É muito legal para o NBB ter Leandrinho e Varejão jogando aqui, engrandece muito o basquete como um todo, traz os olhos de todos os torcedores para a modalidade, isso é importante demais. Se deixar uma brecha para o velhinho aqui, é isso. Deixa eles focarem nos outros caras que eu aproveito aqui (risos)”, disse Marcelinho.

Outro “velho de casa” com ótima atuação foi Olivinha. O experiente ala/pivô, tetracampeão do NBB CAIXA pelo Flamengo, registrou um expressivo duplo-duplo de 15 pontos e 12 rebotes, sendo oito deles ofensivos (18 de eficiência). Esbanjando sua costumeira raça em diversos momentos, o camisa 16 rubro-negro foi outro bastante ovacionado pela torcida presente.

 A vitória rubro-negra “vingou” a derrota sofrida no primeiro turno para o Franca no Pedrocão. Na ocasião, o clube da Gávea foi dominado pelos francanos, que chegaram à contagem centenária e venceram por expressivos 100 a 82. Com os 20 de diferença, a equipe do técnico José Neto superou o saldo negativo do revés no interior paulista e garantiu uma vantagem sobre o clube da Capital do Basquete em caso de empate de campanhas.

 “Entramos com a postura que temos que entrar sempre. Sabíamos que teria que ser diferente do jogo do primeiro turno. Falei no vestiário antes do jogo que foi nossa pior atuação na temporada, não só tecnicamente ou taticamente, mas não estávamos no clima necessário para um jogo daquele tamanho. Mas hoje se eu fosse apontar um mérito maior foi a nossa atitude. Independente de acertar ou errar uma defesa, mas aquela vontade de querer ganhar, de se jogar em todas as bolas, fez toda a diferença hoje”, disse o camisa 4 do Flamengo.

O Flamengo abriu a partida com tamanha aplicação na defesa e venceu o primeiro quarto por largos 18 a 6. Essa superioridade foi construída através de uma forte marcação individual, que foi perfeita nas trocas e forçou expressivos nove turnovers da equipe paulista. Além disso, os rubro-negros pegaram seis rebotes ofensivos e por isso tiveram mais posses de bola. Esse fato é provado pelo volume de jogo dos dois times – o Fla tentou 57 pontos, enquanto Franca somente 25.

O Flamengo terá como próximo adversário ninguém menos que o atual campeão Sendi/Bauru Basket, neste sábado (17/02), na Arena Carioca 1, às 14 horas, com transmissão ao vivo da Band.

DEIXE UMA RESPOSTA