MERENDA ESCOLAR E HOSPITAIS RECEBEM ORGÂNICOS CULTIVADOS NO CEPTA

Fotos: Marcelo Dias

0
294

Agora os alunos da rede municipal de ensino e os pacientes e equipes dos hospitais de Magé têm os alimentos orgânicos e biofortificados no seu cardápio. A iniciativa do governo municipal formada a partir pela parceria entre as secretarias de Agricultura Sustentável, Educação e Cultura, Saúde com a Fundação Langsdorff de Pesquisa e Treinamento em Agroecologia de Magé, promove a destinação da produção de alimentos orgânicos, tanto legumes e verduras quantos os ovos, e biofortificados para complementar a alimentação servida na rede dos hospitais do município e no cardápio da merenda escolar.

Na última colheita, a equipe do Departamento de Nutrição Escolar (DNE) recebeu batata doce biofortificada, quiabo, ovos, aipim, feijão e banana. “Nós não temos uma produção em escala no Cepta (Centro de Ensino, Pesquisa e Treinamento em Agroecologia), fazemos pesquisa para melhorar o rendimento e promover novas culturas na atividade agrícola em nosso município, para orientar os produtores. Essa batata, que é biofortificada, tem duas vezes mais potássio que a banana, além de outros nutrientes como Ferro, Zinco e Vitamina A”, explica o secretário de Agricultura Sustentável, Álvaro Alencar.

A secretária de Educação e Cultura, Álison Brandão, recebeu os alimentos juntamente com a coordenadora do DNE, Laís Morais, e representantes do Conselho de Alimentação Escolar.

“Essa é uma parceria de grande importância. Além de variar o cardápio, os alimentos orgânicos são mais saudáveis e enriquecem o valor nutricional do que oferecemos aos nossos alunos. Quando os alunos visitam o Cepta com o projeto Escola no Campo, eles ficam encantados com o que encontram e se adoram essa batata-doce. Com certeza ela terá uma recepção positiva na merenda escolar”, analisa a secretária.

 

DEIXE UMA RESPOSTA