RODOLFO LANDIM E O NOVO PRESIDENTE DO FLAMENGO.

Fonte: Jornal LANCE

0
191

Luiz Rodolfo Landim Machado, ou simplesmente Rodolfo Landim, é o 57º presidente do Flamengo. Ele assume o comando do Rubro-Negro aos 60 anos, ao vencer pleito com a Chapa Roxa. Landim era o candidato a vice-presidente em 2013, em grupo encabeçado por Wallim Vasconcelos, porém, os nomes foram impugnados e Eduardo Bandeira de Mello foi o concorrente ao lado de Walter D’Agostino. Ele fez parte do primeiro mandato de Bandeira como vice-presidente de Planejamento.

Segundo Landim, o nascimento dele só foi possível graças ao Flamengo. Afinal, os pais, o engenheiro Jedrico Machado e a professora de francês e literatura Maria Augusta, eram de famílias rubro-negras e se conheceram em um baile na Gávea.

O atual presidente, que nunca escondeu ser um apaixonado por futebol – foi, inclusive, da seleção da Universidade Federal do Rio de Janeiro – foi um dos nomes à frente do Flamengo quando as dívidas foram renegociadas.

Engenheiro especializado em petróleo, comandou a BR Distribuidora e lançou a OGX, ligada ao empresário Eike Batista – com quem rompeu anos depois, com direito a ação na Justiça e pedido de 270 milhões de dólares. Atualmente, é sócio na Maré Investimentos, que se atua junto à empresas de óleo e gás.

Landim assume o Flamengo pelo próximo triênio, após dois mandatos de Eduardo Bandeira de Mello. E pode ser o único período dele à frente do clube. Em entrevista ao LANCE!, o então candidato revelou que pretende propor, dentre as mudanças no Estatuto, o fim da reeleição, já valendo, inclusive, para ele mesmo.

Após a apuração de duas urnas, Rodolfo Landim foi eleito o novo presidente do Flamengo, e vai entrar no lugar de Eduardo Bandeira de Mello, que ocupou o cargo por seis anos. Antes mesmo da vitória ser confirmada, o novo mandatório confirmou que Marcos Braz será o vice-presidente do rubro-negro no triênio 2019-21.

– A gente precisava desse resultado das urnas para que pudesse trabalhar efetivamente. A gente acha que essa transição vai acontecer de forma responsável e tranquila, por quem vai nos passar as informações, porque precisamos disso. Não entramos no clube e no departamento de futebol. Acredito que a partir de segunda-feira criará essa decisão responsável, para que a gente possa ter êxito em 2019 – afirmou Braz.

O novo vice-presidente de futebol comentou sobre a possibilidade da contratação de Abel Braga, um dos nomes mais cotados para assumir o cargo de treinador na próxima temporada.

– O Abel é um nome que nos agrada muito, mas terça-feira vamos terminar de acertar tudo. Com esse técnico, vamos construir as contratações, o que vamos precisar em relação aos jogadores que estão voltando (de empréstimo). Vamos fazer uma análise em cima de tudo isso – completou.

Essa será a segunda vez que o dirigente estará presente no clube rubro-negro, já que fez as funções de diretor de futebol entre 2006 e 2008, vencendo uma Copa do Brasil e dois Campeonatos Cariocas.

Além disso, Marcos Braz desempenhou a função de vice-presidente em 2009, quando o Flamengo conquistou o hexacampeonato do Campeonato Brasileiro. Longe do clube da Gávea, ele também foi secretário municipal de Esportes e Lazer no estado do Rio de Janeiro.

Em relações à outras funções, Alessandro, atualmente no Corinthians, é um dos cotados para assumir o cargo de diretor de futebol. Além dele, Claudio  Pracownik é um dos cotados para assumir como vice-presidente de finanças e Luiz Eduardo Baptista, o “Bap”, pode ser o vice-presidente de relações externas.

DEIXE UMA RESPOSTA