EDUCAÇÃO CRIA MAIS DE 8 MIL VAGAS EM MAGÉ

0
46

Só para as creches foram criadas 2 mil novas vagas e mais 6,4 mil vagas para a Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA.

O projeto Escola Viva, projeto educacional da rede municipal de Magé, está colhendo os frutos do ensino de qualidade.  Neste ano foi possível identificar o aumento na procura por matrículas. Para atender os novos alunos, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) criou mais de 8,4 mil vagas distribuídas pela Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Mais de duas mil vagas foram criadas para as creches I e II, com ensino integral para crianças de dois e três anos. Para atender a demanda, a SMEC precisou adaptar e abrir novas unidades e novas turmas nas estruturas já existentes.

“No primeiro distrito, a Creche Marzete Tito trocou de lugar para atender mais 140 novos alunos. No distrito de Santo

Aleixo, a E.M. Paroquial Nossa Senhora da Conceição abriu duas turmas de creche com 40 vagas para crianças de dois e três anos. Já no quarto distrito, a E.M. Municipal Dinorah dos Santos Bastos vai atender também duas turmas de creche com mais 40 vagas para atender a demanda da comunidade. Já no quinto distrito, a creche Edson Alves voltou para o antigo prédio do CRAS de Mauá, para atender mais 150 vagas. No sexto distrito, a SMEC vai abrir uma creche com mais 150 vagas e na E.M. Domingos Bellize para atender mais 40 crianças”, detalhou Fernanda Leônidas, coordenadora da Educação Infantil.

Nas 67 escolas municipais, a pasta abriu mais 6.484 vagas distribuídas em turmas de Pré I, Pré II, Ensino Fundamental e EJA.

“No primeiro distrito, 1.695 vagas foram criadas e mais 504 vagas para cinco escolas do segundo distrito. No quarto, 767 vagas foram distribuídas entre nove escolas e mais 639 vagas para o quinto distrito. No sexto distrito, que concentra 25 unidades abrimos 2.879 vagas”, diretora Hilda Rodrigues, coordenadora do Departamento Pedagógico.

“Em 2018, cerca de 45 mil alunos foram atendidos pela nossa rede. Para o ano letivo de 2019, criamos mais de 8 mil vagas para atender a todos. Desde 2016, trabalhamos com o Projeto Escola Viva que promove interação entre escolas, creches e comunidade, e os frutos são destaque no estado com a conquista do Prêmio Professores do Brasil na categoria região Sudeste, três medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), na Olimpíada de Matemática do Estado do Rio de Janeiro (OMERJ) e o reconhecimento pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) pela qualidade na merenda escolar. Graças a esse trabalho de qualidade, a demanda aumentou e abrimos essas vagas para atender a todos. Ninguém ficará fora da escola e atenderemos a todos”, completou a secretária de Educação e Cultura, Álison Brandão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA